quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Vai um afogamento aí?

Comecei um texto, aquele da foto de Sérgio Cabral, falando sobre a tortura em Guantánamo, que Bush chama pomposamente de “métodos duros de investigação”. Pois muito que bem, leio esta semana que o Pentágono vai pedir pena de morte para os suspeitos de terem participado dos atentados de 11 de setembro. Só que alguns detalhes chamam a atenção: detalhe 1- o julgamento será feito por uma gororoba chamada “tribunal especial militar” detalhe 2- o principal acusado é réu confesso. Réu confesso por réu confesso, a CIA também é. A agência “confessou” ter utilizado a tortura no interrogatório de Sheikh Mohammed, o tal réu confesso, ou melhor, “métodos duros de investigação”. Simulação de afogamento, para a CIA, não é tortura. Então o que é? Cócegas com penas de ganso? Sessões de filmes do Godard? O mais horripilante desta história é que, ao contrário de Sheikh Mohammed, nenhum agente da CIA foi torturado para revelar que a tortura foi usada. De maneira muito natural, come se fizesse um anúncio administrativo, a agência admitiu que usou o afogamento. E quem não gostou, que se afogue. Não que isso isente os acusados da culpa. Os indícios todos levam à turma de Sheikh Mohammed, mas a CIA, que se pretende uma agência de inteligência, poderia ter usado um pouquinho mais este atributo, em vez da velha truculência covarde, à moda Kissinger. Depois, os americanos não sabem porque sua imagem é tão negativa no resto do mundo. Mas Obama vem aí. É negro e democrata. E o Pentágono vai continuar realizando suas atrocidades diárias, mas ninguém vai se lembrar disso, afinal, ele é negro e democrata.

-Dan-

4 comentários:

Lucas disse...

Caso seja eleito, Obama promete retirar as tropas americanas do Iraque. É bem capaz da CIA matar ele e dizer que ele morreu engasgado. Pior que a CIA só o Garrastazu.

Joao Vicente disse...

fala mal da tortura e depois vem defendendo os muros em israel

Joao Vicente disse...

estou com empresario novo

Chicão disse...

O kra é negro, democrata, foi muçulmano, é cristão, tem pai africano, tem mãe americana, é havaiano, morou em NY, é senador por Ilinois, é advogado. Hoooooomem-Pássaro!

Mas Hollywood não quer Obama! Dá uma olhada lá no semserifa! hahah