quarta-feira, 3 de setembro de 2008

O apartamento 203

Num piscar assim em pasmo
de olhos ao espanto
bateu a porta ao lado
aqueles belos cabelos ondulados.

Nao que tivesse olhado
ou mesmo tentado
tirar a atenção da minha porta
abrindo.

E vendo seus modos
de cobrir os olhos
sorrindo
volto ao meu estado calado
ainda escuros reparo
os voados cabelos lisos.

Tento um approach estabanado,
ganho no máximo um olhar tímido.
Paira então a dúvida entre uma vida casado
com mulher e dois filhos
e um alívio imediato
ao entrar em meu apartamento vazio.

Joao Vicente

3 comentários:

jt disse...

agora é recitar no ratos

dan disse...

você vai longe, filho

jv disse...

obrigado, pai